Metas Nacionais 2020: pesquisa revela preocupação com a celeridade

Os resultados apurados na pesquisa realizada pelo Tribunal Superior do Trabalho sobre as propostas de Metas Nacionais 2020 demonstraram, mais uma vez, a necessidade crescente da busca da celeridade processual como fator preponderante para a elaboração das metas.

Os maiores índices de concordância foram alcançados nas propostas de metas que dizem respeito à produtividade e ao tempo de tramitação dos processos: meta 1 (julgar quantidade maior de processos de conhecimento do que os distribuídos no ano corrente), meta 2 (identificar e julgar, até 31/12/2020, 100% dos processos distribuídos até 31/12/2016) e, pelo menos, 90% dos processos distribuídos até 31/12/2017), meta 6 (identificar e julgar, até 31/12/2020, as ações coletivas distribuídas até 31/12/20170 e meta 7 (identificar e reduzir em 3,6% o acervo dos dez maiores litigantes em relação ao ano anterior). Todas elas obtiveram a concordância de mais de 80% dos participantes do público externo e de mais de 90% do público interno (servidores e magistrados).

“Os percentuais elevados de concordância com as propostas de Metas Nacionais para o TST vão ao encontro dos anseios da sociedade, proporcionando à Administração a certeza de que a estratégia adotada busca maior participação da sociedade, bem como transparência e celeridade na prestação dos serviços aos jurisdicionados”, avalia a Assessoria de Gestão Estratégica do TST.

Essa foi a terceira edição da pesquisa, que visa subsidiar a elaboração das metas anuais do TST. O questionário foi aplicado no período de 6 a 24/5/2019, e os resultados podem ser consultados aqui <http://www.tst.jus.br/web/gestaoestrategica/metas-nacionais-tst>.

Leia mais: 6/5/2019 – Pesquisa servirá de subsídio para elaboração das metas do TST

para 2020 <http://www.tst.jus.br/noticia-destaque-visualizacao/-/asset_publisher/89Dk/content/id/24875532>

Compartilhe

Entrar em contato