Justiça do Trabalho adota o Zoom como plataforma oficial para audiências

Com a permanência da necessidade dos cuidados decorrentes da pandemia da Covid-19, em especial o distanciamento social, o Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região adotou a plataforma Zoom como sistema oficial de videochamadas, para realizar audiências e sessões de julgamento a distância. A medida vale para todos os órgãos da Justiça do Trabalho e está prevista no Ato Conjunto TST.CSJT.GP nº 54/2020, divulgado no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho (DEJT) em 29/12/2020.
Com o fim da parceria entre o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a empresa de tecnologia Cisco previsto para 30 de janeiro, a Plataforma Emergencial de Videoconferências (Webex Meetings) não será mais utilizada.
No âmbito da 2ª Região, as varas, turmas, seções especializadas e Cejuscs (centros judiciários de métodos consensuais de solução de disputas) estão autorizados a adotar os meios tele presenciais e virtuais para realizar as audiências e sessões de julgamento, nos moldes do Ato GP nº 08/2020.
Com relação às sessões de julgamento nas turmas e seções especializadas, a sessão virtual é realizada no Processo Judicial Eletrônico (PJe) com duração de sete dias, e não há videochamada. Pode ser adiada e remetida para sessão telepresencial se houver inscrição para sustentação oral, efetuada até 48 horas úteis antes do término da sessão virtual.
Os pedidos devem ser feitos exclusivamente através do portal do TRT-2 no menu Serviços > Acesso On-line > Sustentação Oral.
É responsabilidade do(a) advogado(a) o correto preenchimento dos dados, em especial o e-mail para receber o convite (link) da sessão telepresencial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *