Fale agora mesmo com um advogado especialista
   O Juiz do Trabalho Substituto Eduardo Mussi Dietrich Filho, do Rio de Janeiro, decidiu que Gerente de banco que foi demitida sem justa causa, quando estava inapta a exercer a atividade, deve ser reintegrada e receber complementação salarial e diferenças salariais por equiparação com funcionária de outra agência.
Admitida na empresa desde 1976, a bancária foi dispensada, sem justa causa, em 2018, quando estava inapta ao trabalho. Por estar aposentada por tempo de serviço desde 2009, a funcionária não pôde gozar de auxílio-doença ou acidentário por impossibilidade de acumular estes benefícios com a aposentadoria.
Após analisar o caso, o magistrado verificou, quanto à complementação salarial, que o banco confessou na contestação que “até julho de 2013, o reclamado por liberalidade aplicava isso aos seus funcionários já aposentados por tempo de contribuição”. Para o juiz, trata-se de vantagem que se incorporou ao contrato de trabalho da autora e não pode, unilateralmente, ser suprimido.
Quanto à alegação relacionada à falta de afastamento,  que a dispensa sem justa causa levada a efeito de modo ilegal, o magistrado obstou a licença da parte autora pelo período descrito em lei.
Em relação à equiparação salarial, o magistrado considerou que o banco não comprovou qualquer fato modificativo, impeditivo ou extintivo do direito à equiparação salarial em relação ao paradigma remoto ou que o trabalho realizado pela paradigma em agência diferente tenha sido mais desgastante ou demandado maior responsabilidade.
Por fim, o magistrado condenou o banco a reintegrar a funcionária e ao pagamento de diferenças salariais por equiparação com a funcionária em referência, parcelas vencidas e vincendas, férias acrescidas do terço constitucional, gratificação natalina, e FGTS.
Processo: 0100360-40.2019.5.01.0028

Related Posts

Leave a Reply

Notícias Recentes

Juíz concede indenização a viúva e filha pela perda do trabalhador vítima de doença ocupacional
22 de novembro de 2023
Mantida incidência de adicional noturno sobre prorrogação da jornada
10 de novembro de 2023
Filhos de empregada falecida podem receber valores decorrentes de adesão ao PDV
9 de novembro de 2023