Sentença aponta descumprimento do princípio da Isonomia no pagamento da Gratificação especial

No dia 6 de abril deste ano, foi decidido pela juíza substituta da 33ª vara do Trabalho de São Paulo que a reclamante fazia jus à verba rescisória chamada de “Gratificação Especial”. A verba referida é paga a alguns empregados do banco em questão após a rescisão do contrato de trabalho com base no tempo […]

Leia mais…

Por Atraso Salarial Recorrente, Empresa é Condenada por Danos Morais

A empresa reclamada, fabricante de cimento, foi condenada a pagar indenização por danos materiais e morais a um ex-empregado, cujo salário e outras verbas remuneratórias foram pagos em atraso ou, mesmo, não foram quitados ao longo do contrato de trabalho entre 2014 e 2018. A sentença foi proferida pela juíza titular da 3ª Vara do […]

Leia mais…

Pagamento “Por Fora”

Em processo analisado pela 7ª Vara do Trabalho de São Bernardo do Campo, condenando o banco ao pagamento de parcela salarial “por fora” dos contracheques, com integração ao complexo remuneratório obreiro e o pagamento dos reflexos sobre verbas contratuais e rescisórias. Reconhecimento do Pagamento de Pagamento de Parcela Salarial “Por Fora” Durante todo o contrato […]

Leia mais…

GRATIFICAÇÃO MANTIDA A BANCÁRIO DO BESC, MESMO SEM ADESÃO AO QUADRO DO NOVO EMPREGADOR, O BB

São Paulo – O Tribunal Superior do Trabalho (TST) manteve decisão que condenou o Banco do Brasil a incorporar a função de caixa no salário de um empregado do antigo Banco do Estado de Santa Catarina (Besc), incorporado pelo BB em 2009, que se negou a aderir ao quadro funcional do novo empregador. A decisão, […]

Leia mais…

Equiparação salarial e adicional de periculosidade

Em processo analisado pela 1ª Vara do Trabalho de São Paulo – Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT 2) – Zona Sul. No caso, ficou caracterizado que o reclamante realizava as mesmas atribuições que a sua paradigma, fazendo jus a Equiparação Salarial, de acordo com o salário recebido por ela. O reclamante esclareceu […]

Leia mais…

Diferenças salariais – Itaú/Unibanco

Em processo analisado pela 2ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da Segunda Região, em Recurso Ordinário interposto pela reclamante, foi dado provimento para que o banco reclamado fosse condenado ao pagamento de diferenças salariais decorrentes de equiparação, perante os termos interpostos na petição inicial. Isto, observando- se a evolução salarial da paradigma e os […]

Leia mais…

Discriminação de bancários em agências digitais

Banco concedeu reajuste para parte dos líberos, excluindo funcionários que desempenham função idêntica; Sindicato cobra esclarecimentos sobre critérios utilizados e isonomia. O artigo 461 da CLT (Consolidação das Leis de Trabalho) determina que trabalhadores com funções idênticas devam receber salários iguais. Entretanto, o Itaú está ignorando essa norma nas suas agências digitais. Recentemente, o banco […]

Leia mais…